SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação: 25 de janeiro de 1930
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.
Esquadrão de Aço (30-35), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09).
Mascote: São Paulo, o santo.
Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).
Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP. CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net
E-mail: site@saopaulofc.net
Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Jogo do São Paulo, no estádio do São Paulo, em prol da construção do estádio do Palestra

Algum tempo atrás havia localizado essa reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de 8 de setembro de 1931.


Agora que o site está reativado. Vale detalhar.

O jogo foi parte de uma campanha pró-estádio do Palestra Itália. Primeiramente, o time alvi-verde fez uma série de partidas pelo interior, angariando recursos. Por fim, arranjaram dois festivais amistosos contra São Paulo e Corinthians.

Contra o Tricolor, o jogo se deu na Chácara da Floresta, estádio são-paulino que era o maior e mais confortável para a prática do esporte na capital paulista, até então. Contra o Corinthians, os palestrinos jogaram no próprio estádio, ainda em expansão.

No Choque-Rei - que aliás, ainda não tinha esse nome - realizado no dia 6 de setembro de 1931 foi colocada em disputa pela própria APEA a taça General Isidoro Dias Lopes. Em verdade, tal premiação já havia sido ofertada anteriormente (em 15 de novembro de 1930, mais precisamente, sob a disputa do "Festival da APEA"). Como o resultado do primeiro embate foi um empate em 2 a 2, o troféu voltou ao prelo no ano seguinte.

Contudo, tal como em 1930, o jogo acabou em 2 a 2. Muito por causa de um pênalti perdido por Friedenreich aos 42 minutos do segundo tempo. 

Confira a ficha da partida e os jornais sobre essa passagem.

06.09.1931. Taça General Isidoro Dias Lopes
São Paulo (SP). Estádio São Paulo Futebol Clube - Chácara da Floresta
SÃO PAULO Futebol Clube (SP) 2 x 2 Società Sportiva PALESTRA ITALIA (SP)

SPFC: Joãozinho; Clodô/capitão e Barthô; Milton, Bino e Alves; Junqueirinha, Armandinho, Friedenreich, Araken Patusca e Siriri (Luizinho, 30/1). Técnico: Desconhecido
Gols: Friedenreich, 10/1; Junqueirinha, 25/1

SSPI: Nascimento; Loschiavo (Cambon) e Junqueira; Giglio, Xingo e Gino; Faccioli, Lara, Romeu, Heitor e Osses. Técnico: Bianco Gambini
Gols: Heitor (falta), 6/1; Heitor (pênalti), 30/2

Árbitro: Domingos Olmos

Segundos Quadros: SPFC 2 x 2.

 
Diário Nacional de 6 de setembro de 1931

 
A Gazeta de 5 de setembro de 1931

 
O Estado de S. Paulo de 6 de setembro de 1931

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grandes Taças